Bem-estar

17/10/2019 08h00

Temporada de piscinas

Conheça os cuidados básicos para curtir em segurança esta época tão alto astral do ano

Por Nosso Bem Estar

Nosso Bem Estar
1(1)

Temporada de piscinas

Os dias de calor já dão as caras com mais frequência na maioria das regiões do Brasil, o que quer dizer que a temporada de piscinas também está começando! Seja em casa, no clube ou no condomínio, fato é que elas são ótimas para se refrescar nos dias de calor.

Contudo, não se deve pensar apenas no lazer, é preciso tomar alguns cuidados para que a diversão seja aproveitada com conforto e segurança. Quer saber como? Preparamos algumas dicas a seguir. Confira. 

Cuidados com a piscina em casa

Quem tem piscina em casa precisa dar atenção à higiene e à segurança dela. Um dos cuidados básicos é fazer a limpeza frequente para retirar folhas e outros itens que ficam na superfície da água. A atividade é conhecida como peneiração e evita que a sujeira se acumule e torne o processo de higienização mais difícil depois. 

Aspiração e escovação 

Outros passos essenciais para a manutenção da piscina e o bem-estar dos usuários são a aspiração e a escovação. O primeiro deve ser feito cerca de uma vez por semana, com um equipamento específico que remove as impurezas do fundo da piscina.

Já a escovação garante maior limpeza em todas as áreas, evitando que limo, sujeiras e outras substâncias grudem nas laterais e no fundo da piscina, por exemplo.

Qualidade da água

Outra dica é acompanhar o pH, a alcalinidade e os níveis de cloro da água frequentemente. O pH desregulado pode causar irritações na pele e nos olhos dos banhistas, por isso, deve ser analisado com atenção. O nível recomendado para o pH é em torno de 7,5, e você pode utilizar kits para o controle dele.

A alcalinidade ajuda a manter o pH estável e a piscina em perfeita condição para banho. A medição deve ser feita com um equipamento específico e, caso seja necessário, você pode utilizar uma substância para elevar a alcalinidade da água.

Os níveis de cloro devem estar entre 1 e 3 ppm (partes por milhão). O uso dessa substância ajuda a eliminar microrganismos que prejudicam a qualidade da água e o conforto dos usuários. Contudo, o tipo de cloro e a quantidade aplicada variam de acordo com a situação da piscina, por isso, busque informações para descobrir qual é o procedimento mais indicado no seu caso.

Nas piscinas compartilhadas, também é preciso dar atenção à limpeza da área e analisar se há a solicitação de exames para os usuários, o que reduz riscos com micose, por exemplo. Além disso, ao sair da piscina, lave o corpo com água corrente para retirar o acúmulo de cloro, pois a ação do produto, aliada aos raios solares, pode ressecar pele e cabelo. 

Segurança da piscina

Além da manutenção adequada, para aproveitar a temporada de piscinas com tranquilidade, é fundamental pensar na segurança da área, especialmente quando há crianças no local. É necessário investir em grades de proteção com portão para evitar que os pequenos acessem o espaço desacompanhados.

Não deixe crianças pequenas sozinhas próximas à piscina, mesmo que estejam com boias, e fique de olho nas brincadeiras dos mais velhos dentro e fora da água para alertar se o comportamento representar riscos para eles e para outras pessoas.

Outra recomendação para promover a segurança e o bem-estar de adultos e crianças é dar atenção ao piso no entorno e degraus, que devem ter um revestimento antiderrapante para evitar quedas.

Converse com as crianças sobre medidas de segurança e explique que elas não devem ir para a piscina sozinhas. Caso se trate de um condomínio ou clube, também é importante orientar sobre a divisão do espaço e o respeito aos outros usuários. Dessa forma, todos vão aproveitar o momento de lazer sem complicações.

Essas são algumas dicas para que a temporada de piscinas seja só diversão, garantindo a saúde, a segurança e o bem-estar dos banhistas. Com esses cuidados, os dias de calor serão ainda melhores.

E você, já se preparou para a temporada de piscinas? Conte pra gente! 

 

 

X